HPV – Condiloma (Crista de Galo)

CONCEITO

É um tipo de DST causada por um vírus chamado de HPV (vírus do papiloma humano), levando ao aparecimento de verrugas no pênis e regiões próximas, como região pubiana e o saco escrotal. Devido aos pêlos pubianos, às vezes as verrugas passam sem serem notadas pelo paciente.

Nos dias atuais, o HPV talvez seja a doença sexualmente transmissível com maiorincidência nos adultos com vida sexual ativa, com a existência provável de cerca de 40 milhões de pessoas

infectadas, segundo estatísticas americanas, ou seja,quase 1/5 da populaçãodaquele país. Estima-se que no Brasil as estatísticas sejam semelhantes.

TRANSMISSÃO

A transmissão se dá através de contato sexual íntimo, não sendo necessária penetração para isso, se o vírus se encontrar na região externa da vagina. Depois do contato sexual com a parceira contaminada pelo HPV, o vírus pode ficar incubado no pênis e as verrugas demorarem semanas ou meses para aparecer. O uso da camisinha protege o pênis apenas parcialmente, já que durante a relação sexual ela pode se deslocar para a frente deixando a base do pênis exposta.

Como o pênis é um órgão externo que está sendo constantemente lavado, o homem pode contrair o HPV e suas próprias defesas orgânicas destruírem o vírus. Isso é uma causa frequente de discussões entre os casais, principalmente quando a parceira descobre ter a doença e os exames no homem dão negativos.

DIAGNÓSTICO

As verrugas produzidas pelo HPV podem atingir diversos locais do genital masculino (glande, prepúcio e uretra). O diagnóstico é baseado na história clínica do paciente e no exame físico detalhado. Urologistas experientes reconhecem o HPV logo ao observar a verruga suspeita.A entrada do canal da urina no pênis também é examinado. Como exame complementar para confirmação do diagnóstico, pode-se utilizar a peniscopia, biópsia e exame para pesquisa do DNA do vírus. É importante diferenciar as verrugas de outros achados que não são doença.

Ao confirmar o HPV, é recomendado ao paciente que aconselhe sua parceira a procurar uma ginecologista para descobrir se ela também está contaminada.

TRATAMENTO

O tratamento depende de alguns fatores, como o local onde as verrugas se encontram, a quantidade e o tamanho delas.

Verrugas localizadas dentro do canal da urina são em geral tratadas com pomadas colocadas com um cotonete.

Para as verrugas localizadas na glande, pele do pênis, região pubiana e saco escrotal, algumas opções estão disponíveis, como a eletrocauterização com bisturi elétrico ou laser sob anestesia local, cremes à base de 5-fluoracil, soluções de podofilina ou ácido tricloroacético e a crioterapia com uso de nitrogênio líquido.

quimioterápico ou mesmo cauterização dependendo do caso. Estimuladores de imunidade.

Infelizmente observa-se grande índice de retorno doproblema mesmo fazendo-se um tratamento adequado. O preservativo é o único dispositivoque pode gerar algum tipo de proteção, embora não seja 100 % seguro.

HPV e CÂNCER DE PÊNIS

Embora a associação entre HPV e câncer do colo de útero já esteja bem estabelecido, com o achado do vírus em 99% destes tumores, não existe a mesma confirmação em relação aos tumores malignos do pênis, parecendo que não existe a associação entre HPV e câncer de pênis. Portanto, é muito importante que as mulheres sexualmente ativas façam sua prevenção ginecológica a cada 6 meses.

Etiquetas:, , , , , , , , , , ,

Autor

Dr. Alexandre Dr. Aranha

Dr. Alexandre Aranha Trigueiro é médico formado pela UFPB em 1997, com pós-graduação em cirurgia geral e urologia, mais de 10 anos consecutivos de experiência e milhares de cirurgias abertas, endoscópicas e laparoscópicas realizadas...

Curriculo

Perguntas e respostas

Fechar

Sua Pergunta foi enviada!

Preencha o formulário a seguir.

Nome *
E-mail *
Site (include http://)
Título *
Pergunte *

Quando o Doutor responder, sua pergunta APARECERÁ PÚBLICA na página de perguntas e respostas.

* Campo requerido