Mural Informativo

A Clínica de Urologia Dr. Alexandre Aranha informa que está atendendo aos seguintes convênios: UNIMED, BRADESCO, FUNASA, CAPESAÚDE, CASSI, APCEF, AFRAFEP, ASSEFAZ, GOLDEN CROSS E AMIL. 

dr-aranha-comemorando-10-anos

Dr. Alexandre Aranha Trigueiro é médico formado pela UFPB em 1997, com pós-graduação em cirurgia geral e urologia, com mais de 13 anos consecutivos de experiência e milhares de cirurgias abertas, endoscópicas e laparoscópicas realizadas...

CURRÍCULO COMPLETO

Bem vindos ao meu site pessoal

dr-aranha-comemorando-10-anos A urologia avançou muito nos últimos anos e várias doenças são tratadas, atualmente, através de cirurgias sem cortes ou minimamente invasivas, como é o caso das doenças da próstata e os cálculos renais. Grandes avanços ocorreram também na área da disfunção erétil com a descoberta de medicamentos cada vez mais rápidos no seu início de ação e mais eficazes no efeito desejado. O objetivo deste site é informar os visitantes sobre as principais doenças da urologia bem como as últimas novidades nesta área. Depois de 13 anos de atuação, sinto-me com experiência para publicar este site, permitindo interagir com o público e com colegas da profissão.Como urologista, minha missão sempre foi oferecer aos pacientes o melhor em termos de tratamento, focando principalmente na qualidade, bom senso, ética e compromisso profissional, sendo a recompensa mais imp... Continue lendo

Atenciosamente, Dr. Alexandre Aranha Trigueiro Médico Urologista atuante em João Pessoa / PB
Dr. Alexandre Aranha . Urologia / Cirurgia
Marque sua consulta
Ligue: 8869-1477 - 3225-4944
whatsapp: 8891-2697
Consultório: Av. Bento da Gama - 107 / Torre João Pessoa - PB
Atende particular e convênios

Últimas postagens

  • VACINA CONTRA O HPV

    12 Jun 2016 / 127 visualizações

    O HPV (papiloma vírus humano) é o vírus causador da DST conhecida como verrugas genitais. Sua transmissão se ...

  • Espermograma pelo celular

    10 Jun 2016 / 124 visualizações

    Atualidades (SAN DIEGO, EUA, maio 2016) Uma lente de aumento em forma de esfera do tamanho de uma moeda ...

  • 10 curiosidades sobre o Câncer de Próstata

    8 Nov 2015 / 1.237 visualizações

    Novembro foi o mês do ano escolhido para a realização da campanha de conscientização sobre câncer da próstata, ...

  • Pedra na Bexiga quase muda a História do Brasil

    13 Mar 2015 / 1.271 visualizações

    Em 1985, o então eleito Presidente da República Tancredo Neves é operado de uma doença no abdome, mas ...

  • O exame de próstata

    20 Jan 2015 / 2.145 visualizações

    Considerado ainda um tabu por parte dos homens, o toque retal para prevenir o câncer da próstata é ...

http://www.doutoraranha.com.BR/wp-content/themes/draranha
Warning: include_once(/limita_palavras.php): failed to open stream: No such file or directory in /home/doutorar/public_html/wp-content/themes/draranha/index.php on line 236

Warning: include_once(): Failed opening '/limita_palavras.php' for inclusion (include_path='.:/opt/php54/lib/php') in /home/doutorar/public_html/wp-content/themes/draranha/index.php on line 236

Em razão do excesso de perguntas, esta seção está temporariamente suspensa. Agradecemos a compreensão

Jorge pergunta: Dor no testiculo ... Doutor, boa tarde, passei alguns dias sentido uma leve dor no lado esquerdo de...
foto-dr-aranha-footerDoutor Alexandre responde: Dores no testículo pode ter origens diversas, como varicocele, cistos, hérnia, orquialgia idiopática ect. Somente examinando para dar o diagnóstico correto.... 2013-05-18 00:04:49
Ver todas

Blog do Aranha

  • VACINA CONTRA O HPV

    12 Jun 2016 / 127 visualizações

    hpv-vaccine-image

    O HPV (papiloma vírus humano) é o vírus causador da DST conhecida como verrugas genitais. Sua transmissão se dá pela via sexual e sua maior importância se deve ao fato deste vírus causar câncer no colo de útero, na vagina, ânus, pênis e orofaringe. Estima-se que cerca de 50% dos indivíduos, homens ou mulheres, terá contato com algum tipo de HPV após 2 anos de vida sexual ativa.

    Depois de 12 anos de pesquisas para criação de uma vacina contra o HPV, a partir de 2006 a vacinação nas mulheres começou a ser realizada em mais de 60 países. Essas vacinas não contém o vírus, nem o seu DNA, e são denominadas “vírus-like particles”, pois foram obtidas por engenharia genética a partir de uma das proteínas da cápsula viral.

    Existem atualmente duas vacinas contra o vírus do HPV:

    QUADRIVALENTE  →   Contra os tipos de HPV 6, 11, 16 e 18
    BIVALENTE  →   Contra os tipos de HPV 16 e 18

    No Brasil, as Unidades Básicas de Saúde oferecem a vacina contra o HPV, que já é oferecida na rede privada há alguns anos.

    Quem deve receber a vacina contra o HPV?

    Enquanto a vacina quadrivalente é recomendada para meninos e meninas entre 9 e 26 anos de idade, a bivalente é recomendada para meninas e mulheres a partir dos 10 anos de idade. Todos os indivíduos nesta faixa etária deveriam receber a vacina. A importância da vacinação precoce é porque a resposta imunológica à vacina é melhor quando aplicada até os 15 anos de idade, o que não contra indica a sua aplicação para os demais.

    Porque os meninos devem se vacinar contra o HPV?

    Os meninos devem receber a vacina para sua proteção contra os cânceres de pênis, ânus e garganta e contra as verrugas genitais. Além disso, por serem os responsáveis pela transmissão do vírus para suas parceiras, ao receberem a vacina estão colaborando com a redução da incidência do câncer de colo de útero nas mulheres. Os homens também foram incluídos na recomendação de vacinação após a constatação de que a cobertura de vacinas nas meninas chegava a apenas 40%.

    Quem já começou a vida sexual também tomar a vacina?

    A vacina pode e deve ser recebida por todos, mesmo aqueles que já iniciaram a vida sexual ativa. Recomenda-se a vacinação antes para uma prevenção mais eficaz, mas não existe nenhuma contraindicação para quem já é sexualmente ativo.

    E quem já teve HPV, pode tomar a vacina?

    Sim, a vacina pode e deve ser recebida mesmo por aqueles que já tiveram infecção pelo HPV. Ela não será útil para o tipo já adquirido, mas fará a proteção contra os demais.

    Vacinar crianças pode estimular o início da vida sexual precoce?

    Não. Vacinar os jovens contra doenças infectocontagiosas é um dever dos pais e não tem influência na decisão de ter ou não atividade sexual. Além do mais, a vacinação contra o HPV não vai dispensar o uso de preservativos, importante para a prevenção da gravidez e de outras DSTs, como sífilis, gonorréia, HIV etc.

    Como é o esquema da vacinação contra o HPV?

    O esquema tradicional, utilizado há anos e com excelentes resultados é:

    # Aplica-se a 1ª dose

    # 2 meses depois da 1ª dose aplica a segunda dose

    # 6 meses depois da 1ª dose aplica a terceira dose

    O Ministério da Saúde aprovou a vacinação em um esquema diferente, aparentemente eficaz, mas ainda em fase de estudo: 0, 6 e 60 meses. As clínicas particulares seguem a orientação de 0, 2 e 6 meses.

    Se já se tiver iniciado a vacinação na rede privada, pode completá-la na rede pública?

    Sim, se as doses aplicadas foram da vacina quadrivalente, o esquema vacinal poderá ser finalizado na rede pública. Para as famílias que optarem pelo esquema tradicional de 0, 2, 6 meses, também será aceito que se faça a primeira e última doses no posto de saúde e a segunda dose em clínicas particulares.

    Recomendações finais:

    1.    A vacina quadrivalente contra o HPV deve ser utilizada em todos os meninos e homens entre os 9 e 26 anos, conforme preconizado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária.

    2.    Não há necessidade de se realizar exame prévio para detecção do HPV antes da vacinação nos homens que eventualmente já iniciaram a sua vida sexual.

    3.    A remoção das lesões HPV-induzidas pode diminuir a carga viral e o risco de transmissão.

    4.    A associação simultânea com mais de um agente sexualmente transmissível é ocorrência frequente na prática clínica. Além disso, a pesquisa de HIV deve fazer parte da avaliação de um indivíduo acometido por qualquer DST.

    5.    A circuncisão (retirada do excesso de prepúcio) é valiosa para a redução do espectro de todas as DSTs.

Perguntas e respostas

Fechar

Sua Pergunta foi enviada!

Preencha o formulário a seguir.

Nome *
E-mail *
Site (include http://)
Título *
Pergunte *

Quando o Doutor responder, sua pergunta APARECERÁ PÚBLICA na página de perguntas e respostas.

* Campo requerido